Página inicial
Ingredientes:
IngredientesgramasSAPGordurasFórmulasNaOH
TOTAL INGREDIENTES%%
Opções da lixívia:
Sobreengordurante
Concentração
Tipo de alcalino
Resultados:
Soda
água
Iodo
INS
Características finais do sabão:
Dureza
Bolhas
Persistência
Limpeza
Condicionamento
Fórmulas:
 
Peso total da fórmula a gramas
 
Info:

CALCULADORA DE SAPONIFICAÇÃO - ELABORAÇÃO DE SABÕES ARTESANAIS

AJUDA (Você pode comentar ou ler comentários aqui)

A calculadora é um instrumento útil na fabricação de sabão. Ela nos indica a quantidade de soda que devemos utilizar para determinada combinação de gorduras como também preve o resultado da mistura.

Os conceitos:

O índice de saponificação SAP indica a quantidade de gramas de KOH (Hidróxido de Potássio) para saponificar uma grama de uma determinada gordura. Geralmente utilizamos NaOH (Hidróxido de Sódio) para sabões duros e é por isso que o valor que necessitamos é o resultado da divisão do valor de KOH por 1,4025. Esta diferença se deve ao peso molecular das diferentes bases alcalinas. Esta calculadora possibilita a escolha da base alcalina a ser utilizada, podendo ser selecionado KOH ( Hidróxido de Potássio) para sabões líquidos.Podemos fazer um duplo click sobre o símbolo de interrogação à direita do ingrediente e obteremos seus valores e composição na janela inferior.

Resumindo: 1,4025g KOH equivale a 1g de NaOH.

O índice de iodo é a medida de insaturação de uma gordura.Este valor nos permite prever a possibilidade de rancidez (oxidação) do sabão.Um sabão com alto nível de iodo se danifica antes do que um sabão com um nível de iodo baixo.

O valor INS determina a compatibilidade desta gordura com o sabão. Ele é calculado em função do valor de SAP e do iodo. Uma barra de sabão com qualidades físicas e dureza adequadas deve ter em torno de 160, segundo o Dr.Bob. Eu creio que Não é um valor determinante nas propriedades finais do sabão.

Quando uma gordura possue um de seus valores muito abaixo ou acima do valor desejado, é necessário combiná-la com outro tipo de gordura que tenha valores complementares e vice-versa, equilibrando o resultado da mistura de gorduras. Como dito acima, esta calculadora não só indica o sódio (soda cáustica ou hidróxido de potássio), necessários para uma mistura específica de gorduras, mas também prevê as propriedades da mistura resultante.

Quero diferenciar estas duas partes:

A primeira é um cálculo simples, regra de três.Quando colocamos a quantidade em gramas, na coluna do peso (gramas) e trocamos de célula,a percentagem de gordura que esta intervenção representa, na composição do total de gorduras, é calculada automaticamente, assim como o percentual que representa no total da formulação. A quantidade de álcali necessária para a saponificação total desta gordura também é calculada. Na coluna "Gramas" e na linha "Total de ingredientes" aparece a soma de todos os pesos e percentagens, tanto para as gorduras como para o álcali.

Abaixo,selecionamos o nível de sobreengorduramento do sabão. Para obter maior hidratação, devemos colocar um excesso de gorduras. Normalmente os sabões possuem um sobreengorduramento entre 5% a 10% (depende da decisão cada um).

Ao lado, selecionamos o nível de concentração da lixívia. As gorduras se diferenciam em duras e macias: geralmente, óleos líquidos são gorduras macias e as gorduras sólidas e manteigas são duras. Entretanto, a consideração dos respectivos pontos de fusão pode ser enganosa. Por exemplo, em países quentes, o óleo de coco é um líquido (aqui, em Sevilha, na Espanha, o óleo de coco vai começar a derreter na primavera), embora seja considerado um óleo duro. A determinação de um óleo que seja duro ou mole está ligada mais ao comprimento e a saturação das cadeias de ácidos graxos e a fração do óleo que não pode ser saponificada. Consideramos óleos duros como sendo aqueles com uma proporção elevada de ácido láurico, ácido palmítico, esteárico, mirístico e óleos suaves como aqueles com uma alta proporção de ácido oleico, linoleico e linolênico. No primeiro grupo encontramos os óleos de coco, dendê, banha, sebo, ácido esteárico, enquanto no segundo grupo, encontramos oliva, amêndoas, girassol, abacate, milho, canola, sementes de algodão, etc.

A concentração da lixívia deve ser fixada considerando-se a dureza da mistura de óleos. Se a mistura é dura, então a concentração deve ser definida com valores mais baixos e por consequência a quantidade de água deverá ser mais alta e vice versa.

Resumindo:

Óleo de Coco-> muito duro-> muita água -> baixa concentração
Óleo de Oliva-> muito suave-> pouca água -> alta concentração

Se a mistura está equilibrada ( uma dureza de 50), o valor idela é de 28%.

Ao escolhermos a concentração, automaticamente é calculada a quantidade de água necessária para dissolver a soda.

Agora temos elementos suficientes para fazer sabões.

Uma outra função da calculadora é prever os resultados da mistura selecionada.

O Iodo como já foi dito, representa a data de validade do sabão. Devemos estabelecer um limite de 70. Isto não significa que necessáriamente o sabão vai estragar mas, na maioria dos casos, é provável que aconteça. Nos lugares onde é muito quente e úmido, o valor não deve superar 60. Devemos evitar o excesso de ac.linolénico, por ter qualidades perecíveis. Também podemos usar antioxidantes, como a Vitamina E, para aumentar a vida do sabão.

O valor ideal dos parâmetros seguintes é de 50. As margens aceitáveis estão entre 40 e 60. Valores abaixo de 40 serão demasiados baixos e acima demasiados altos.

A dureza é calculada considerando-se principalmente os ácidos láurico, mirístico, palmítico e esteárico e, em menor proporção, oléico e ricinoleico. Assim, as gorduras que contêm esses ácidos graxos são as que tornam o sabão mais duro.

A quantidade de bolhas que um sabão faz está ligada principalmente à quantidade de ácidos láurico, mirístico, linoleico e ricinoleico e, em menor proporção, do oleico.

A persistência da espuma é calculada principalmente considerando-se os ácidos palmítico e esteárico que determinam a duração da espuma e a sua consistência cremosa.

A limpeza que o sabão proporciona também é calculada considerando-se os ácidos láurico,mirístico e ricinoleico.Um sabão que promove um excesso de limpeza é prejudicial para a pele (mas acaba sendo melhor para outras coisas).

O condicionamento é a capacidade que tem o sabão de suavizar e nutrir a pele e o cabelo. É proporcionada principalmente pelos ácidos linoleicos, oleico, ricinoleico e linolénico e em menor proporção o palmítico.

Os valores ideias são os resultados das experiências. Isso significa que talvez (não, certamente!), os valores podem ser otimizados.

Sabendo disso,se aparece o alarme, em vermelho, em algum desses valores,podemos equilibrar a fórmula do sabão com outra gordura ou outra proporção.

Se, por exemplo,queremos trabalhar com percentagens ao invés de pesos,podemos fazer da seguinte maneira. Suponhamos 20% óleo de coco, 20% banha de porco e 60% óleo de oliva. Escrevemos estas quantidades (20, 20 e 60) nas células correspondentes e quando damos um click no botão "Recalcular" obtemos a quantidade final em gramas.As percentagens se convertem em peso.Também podemos calcular em função do peso final da fórmula do sabão.

Também podemos guardar uma fórmula com guardar e recuperá-la depois com restaurar selecionando-a antes nas opções da janela de rolagem.

O módulo Importar/Exportar serve para exportar a fórmula em forma de cadeia alfanumérica para ser armazenada como um arquivo tipo texto,deste modo é possível compartilhar as receitas nas mensagens colocadas no fórum.Depois da fórmula ser feita,clicamos no botão exportar e na janela inferior aparecerá a cadeia alfanumérica que representa esta fórmula, depois basta copiar e colar onde quisermos.Para restaurar a fórmula,primeiro devemos clicar no botão apagar para limpar a janela,depois colamos na janela inferior a cadeia alfanumérica que tinhamos salvado previamente e clicamos no botão importar. Como mágica a fórmula aparecerá na tela principal.

Se quisermos iniciar novamente uma nova fórmula na Calculadora, clicamos no botão apagar.

A janela inferior também serve para sabermos as informações sobre os ingredientes escolhidos na fórmula.

Esta versão da calculadora me parece mais apurada que a anterior.Vamos continuar testando.

Obrigado a Peña por traduzir a calculadora para o português .

retornar ao topo da página


Creative Commons License Calculadora de Saponificação por mendru Está protegido sobre os termos de Atribuição - Não Comercial - Compartilhando pela mesma licença 3.0 - Espanha. Baseada no trabalho anterior de www.mendrulandia.es.
Para outros propósitos, solicitar permissão em www.mendrulandia.net